Description

Desenvolvido no curso de Design da PUC-Rio, o projeto nasceu do questionamento acerca do frenético ritmo de produção a que somos submetidos atualmente. No intuito de provocar uma reflexão sobre a relação entre consumo, individualismo e o estilo de vida contemporâneo, além do próprio papel do designer como mediador desta tríade, decidimos criar um objeto de desejo desnecessário: os antolhos humanos Io, verdadeira carapuça que nos serve a todos no que tange a submissão completa ao sistema econômico vigente.

O estranhamento causado por esse objeto simbólico revela o aspecto surreal da “normalidade” que vivemos: afinal, trata-se do mais inovador e desejável acessório tecnológico do mercado ou de uma grande troça com nossas absurdas necessidades? A verdade é que a libertação do estilo de vida atual só é possível com o despertar da consciência de cada um. E o Io cumpre sua função ao suscitar a dúvida: is this the real life?